Mosaico De Palavras

Newsletter

Autores

Serviços Minimos

Serviços Minimos
ISBN: 978-989-8682-22-2

Mais detalhes

On sale À venda!
3,60 € tax incl.

12,00 € tax incl.

(preço reduzido por 70 %)

Disponibilidade:

10 artigos em stock

Lista de Desejos

Programa lealdade Artigo sem pontos incentivo. Os seus pontos incentivo.



“Serviços mínimos”, um livro de poemas com um título prosaico. Como se, através do título, o poeta quisesse levar o peso da prosa dos dias à subtileza da poesia, construindo um inusitado diálogo entre o poema e o quotidiano da sociedade. Se, como dizia, num outro tempo, um outro poeta, “a canção é uma arma contra a burguesia”, a canção de Manhente é também uma arma, sim, mas uma arma contra o conformismo, desenterrando o óbvio e fazendo desse óbvio a fonte da recusa da desistência.

Opondo-se ao atualmente quase omnipresente egocentrismo do poeta, daquele que não sai do seu umbigo e à roda do seu umbigo faz girar toda a sua poesia, José Manhente faz-nos regressar a uma das grandes razões de ser da poesia, a de, através da arte poética, da construção do belo pela palavra, revolver a poeira que nos tapa o verdadeiro entendimento do mundo, a verdade escondida por detrás da tecnocracia ocidental, a verdade de que o ser humano pode e deve ser mais do que produtor e consumidor, mais do que escravo, ainda que pago em míseros tostões, que nunca se transformarão em milhões. “Serviços mínimos” é um livro que presta um máximo serviço ao leitor que recusa os mínimos que o capitalismo lhe atira, como restos do banquete.

Carrinho  

(Vazio)